Front-end e Back-end: O Que quero ser?

É comum que as pessoas se confundam com os termos “front-end” e “back-end” ao se aventurar na criação de um novo software.

O número de ferramentas feitas para auxiliar os desenvolvedores mais organizados em seus projetos vem crescendo diariamente. Aliado a isso, os profissionais de front-end e back-end trabalham em conjunto para criar os sistemas necessários em um aplicativo ou software.

Tem interesse em entender as diferenças e saber mais sobre o assunto? Continue a leitura e confira!

O que é desenvolvimento front-end?

Executa-se o front-end usando uma combinação de tecnologias, tais como: Hypertext Markup Language (HTML), JavaScript e Cascading Style Sheets (CSS).

Os desenvolvedores de front-end projetam e constroem os elementos da experiência do usuário na página web ou aplicativo, incluindo botões, menus, páginas, links, gráficos e muito mais.

O que é desenvolvimento back-end?

O back-end, também chamado somente de “servidor”, consiste no servidor que fornece os dados solicitados na aplicação que os canaliza e na base de dados que organiza as informações.

Quando um cliente procura por tênis em um site, por exemplo, ele está interagindo com o front-end. Após colocar o item no carrinho e autorizar a compra, ele está interagindo com o back-end. Todas as informações são, portanto, enviadas pelo servidor.

Quais são as diferenças entre eles?

É importante frisar que, embora o desenvolvimento de front-end trate do lado visual e interativo de um site, ele não é o mesmo que web design.

O desenvolvedor de front-end toma o design elaborado e o transforma em algo funcional por meio das linguagens usadas nessa área. O desenvolvedor de back-end, por sua vez, atua na parte dos sistemas e garante que esteja tudo devidamente certo com o servidor.

Qual é o perfil do profissional de front-end?

O profissional de front-end deve ter domínio das ferramentas fundamentais para desenvolvimento, que são HTML, CSS e JavaScript. Entenda melhor.

HTML

A linguagem de marcação de hipertexto é o núcleo de um site, fornecendo o design geral e suas funcionalidades. A versão mais recente foi lançada no final de 2017, conhecida como HTML 5.2. A atualização inclui mais ferramentas destinadas a desenvolvedores de aplicativos da web, bem como ajustes feitos para melhorar a interoperabilidade.

CSS

As folhas de estilo em cascata oferecem aos desenvolvedores uma maneira flexível e precisa de criar designs de sites atraentes e interativos.

JavaScript

Essa linguagem baseada em eventos é útil para criar elementos dinâmicos em páginas da web HTML estáticas. Ela permite que os desenvolvedores acessem elementos separados da página HTML principal e respondam a eventos ao lado do servidor.

Qual é o perfil do profissional de back-end?

O perfil do profissional de back-end deve contar com domínio dos sistemas operacionais de servidores, possibilidade de análises claras das informações e estatísticas com dados de todas as métricas geradas pelo site, entendimento de frameworks e o conhecimento das linguagens de back-end.

Para ambos perfis de profissionais, é essencial ter as noções básicas da língua inglesa.

Exemplos de linguagens de back-end

  • PHP
  • Ruby
  • JavaScript
  • Python

Como se especializar em front-end e back-end?

Acompanhe nossas postagens e receba dicas e materiais para estudos, além da publicação de vagas.

Quem almeja obter sucesso na área de desenvolvimento web deve dominar as linguagens de programação e conhecer suas ferramentas e funcionamentos.

Seja você um iniciante ou avançado, um bom desenvolvedor front-end e back-end está em constante mudança e aprende o tempo todo — são essas as características fundamentais para uma carreira de sucesso!

Gostou do conteúdo? Compartilhe